Ganhadores do Prêmio SBN de Jornalismo

Veja as declarações de 2 dos ganhadores do I Prêmio SBN de Jornalismo:

Ganhador da categoria TV e ganhador como melhor trabalho:

Bruno recebendo Prêmio categoria TV
Recebendo como melhor trabalho

Poder contribuir para o esclarecimento de um problema tão grave quanto a epilepsia foi o que nos motivou a produzir a reportagem “Cirurgia Neurológica muda a história da saúde pública no Espírito Santo”. Uma bonita história de superação quer durou um ano e meio para ser contada. A comunicação tem um papel importante para a formação da cidadania. E, quando chegamos a esse resultado, temos certeza que cumprimos o nosso compromisso.

Fazer TV Pública de qualidade no Brasil não é tarefa fácil, mas extremamente gratificante. Levar ao nosso telespectador conhecimento de maneira clara com o intuito de educar é o nosso desafio diária. E o reconhecimento da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia mostra que estamos no caminho certo.

Televisão não se faz sozinho. Por isso, gostaria muito de agradecer aos colegas cinegrafistas – Alex Miranda e Jorge Coutinho – pelo empenho e por acreditar em nosso projeto de tornar o conteúdo produzido pela TV Educativa do Espírito Santo referência no País.

Bruno Pinheiro Faustino


Ganhador da categoria OnLine:

Sou repórter dos Diários Associados (Estado de Minas/Portal Uai/Correio Braziliense) e moro no interior de Minas. No meu ofício, procuro mostrar o chamado “Brasil que o Brasil desconhece”, revelando as diferentes situações das áreas educação, meio ambiente, desenvolvimento social, segurança, economia, qualidade de vida e saúde, entre outras. Com este trabalho, já tive a oportunidade de participar e a sorte de conquistar importantes premiações nacionais.

Neste contexto, considero que a conquista do Prêmio SBN de Jornalismo, sem dúvida, foi um diferencial na minha carreira, exatamente por tratar de algo sublime: os cuidados com a vida. A reportagem de minha autoria, “Neurocirurgia mostra benefícios, melhorando a qualidade de vida em grandes centros e no interior”, primeira colocada na categoria online, exigiu muita dedicação, pesquisa e aprofundamento no assunto, a partir de entrevistas com fontes confiáveis e abordagens de casos de vidas que foram salva graças aos avanços da neurocirurgia e ao empenho e ao conhecimento dos neurocirurgiões. A reportagem também mostrou os avanços da neurocirurgia no interior, citando como exemplo a cidade de Montes Claros, onde uma equipe altamente capacitada, trabalha de maneira integrada, discutindo os casos em busca de melhores condutas.

A missão do jornalismo é divulgar os fatos, comprometido com a verdade, contribuindo com a melhoria de vida. O Prêmio SBN de Jornalismo é uma iniciativa voltada para a valorização do bom jornalismo.

Os meus agradecimentos e cumprimentos à comissão organizadora e à comissão julgadora pelo êxito dessa premiação, com certeza, veio para ficar, no sentido de valorizar a comunicação e fomentar cada vez mais a divulgação do conhecimento e dos avanços da ciência médica, especialmente os relacionados com neurocirurgia, em prol da vida.

Luiz Ribeiro, jornalista
Vencedor do Prêmio SBN de Jornalismo/categoria online, com a reportagem, “Neurocirurgia mostra benefícios, melhorando a qualidade de vida em grandes centros e no interior”, publicada na página Saude Plena/Portal UAI/Estado de Minas.