CBHPM envia comunicado oficial com os valores referenciais de Portes e Uco

Em resposta às consultas advindas de inúmeros associados da nossa entidade, a respeito da defasagem que a inflação acarretou aos custos dos serviços médicos, a Associação Médica Brasileira encaminhou o assunto à Comissão de Economia Médica para que fosse realizada uma análise autônoma da questão, no período de outubro/2016-setembro/2017. 

Segue anexo comunicado oficial da CBHPM com os valore​s referenciais ​de Portes e UCO