10.1 – ENCEFALOCELE: TRATAMENTO CIRÚRGICO

Procedimento  10.1 – ENCEFALOCELE: TRATAMENTO CIRÚRGICO
Descrição do procedimento Cirurgia realizada em caráter de emergência/urgência em recém-nascidos com esta malformação.

Pode necessitar Cirurgião Plastico no procedimento – sob justificativa prévia.

CIDs do Procedimento Q010, Q011, Q012, Q018, Q019
Indicação Cirurgia corretiva para defeito genético do tubo neural
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva excepcional (X ) Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica

 

Exames da Indicação Ultrassom craniano

Rx do Crânio, Tomografia Computadorizada do crânio  e Ressonância Magnética do Crânio

 

 
Códigos CBHPM Descrição Porte
3.14.01.27-9 Tratamento cirúrgico da meningoencefalocele 10B
3.07.15.32-6 Tratamento cirúrgico das malformações craniovertebrais 10B
3.02.15.04-8 Reconstrução craniana ou craniofacial 11A
3.14.01.26-0 Tratamento cirúrgico da fístula liquórica 10C
3.01.01.68-9 Reconstrução com retalho da gálea aponeurótica 8C
3.01.01.55-7 Extensos ferimentos – exérese e rotação de retalho fasciocutaneo 9B
3.01.01.67-0 Plástica em Z ou W 4A
3.01.01.23-9 Curativo especial sob anestesia – por unidade topográfica (UT) 2C
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Campo cirúrgico adesivo estéril 01
 

KIT CRANIOTOMIA

Broca de parada automática tipo Smith 01
Instrumento de corte esférico para drilagem 01
Fresa para craniótomo adulto ou infantil 01
Cera hemostática para osso 01
 

 

KIT HEMOSTASIA

Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Hemostático absorvível de colágeno 01
Esponja de gelatina absorvível 01
Cotonóides em 3 tamanhos (pequeno, médio e grande ) 01
 

KIT RECONSTRUÇÃO CRANIANA

Miniplacas de fechamento de crânio 04
Parafusos titâneo para fechamento crânio 16
Cimento ósseo – metilmetacrilato 10 g 01
Alternativa para Miniplacas e parafusos Botões de osteossíntese 04
  Dreno à vácuo para subcutâneo 01
  Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
 
Internação
Dias
UTI
3 dia(s)
Quarto
12 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Aspirador a vácuo, coagulador monopolar e bipolar, microscópio cirúrgico, Manta termica
Resolutividade Cura e plástica do defeito congenito
Seguimento Diario
Rastreabilidade Sim
Comentários Obs 1: Cirurgias realizadas em caráter de emergência/urgência terão acréscimo de 30% no valor final conforme previsto na CBHPM.

Obs 2: Em crianças com peso inferior a 2,5 Kg, o valor final terá acréscimo de 100% conforme previsto CBHPM

10.2 – DISRAFISMO ESPINHAL: TRATAMENTO CIRÚRGICO

 eProcedimento  10.2 – DISRAFISMO ESPINHAL: TRATAMENTO CIRÚRGICO
Descrição do procedimento Cirurgia realizada para correção de malformação do tubo neural em nível espinhal

Pode necessitar Cirurgião Plastico no procedimento – sob justificativa prévia.

CIDs do Procedimento Q010, Q011, Q012, Q050, Q051, Q052, Q053, Q055, Q056, Q057, Q058, Q063, Q069, Q070
Indicação Cirurgia corretiva para defeito genético do tubo neural
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva (X ) Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica

 

Exames da Indicação Ultrassom craniano e coluna vertebral

Rx do Crânio, Tomografia Computadorizada do crânio  e Ressonância Magnética do Crânio

RX, Tomografia Computadorizada, Ressonancia Magnética da coluna vertebral

Códigos CBHPM Descrição Porte
3.07.15.33-4 Tratamento cirúrgico do disrafismo 10B
3.07.15.32-6 Tratamento cirúrgico das malformaçoes craniovertebrais* 10B
3.07.15.19-9 Laminectomia ou laminotomia** 9C
3.14.01.26-0 Tratamento cirúrgico da fístula liquórica 10C
3.01.01.57-3 Extensos ferimentos – exérese e rotação de retalhos musculares 9A
3.01.01.55-7 Extensos ferimentos – exérese e rotação de retalho fasciocutaneo 9B
3.01.01.67-0 Plástica em Z ou W 4A
2.02.02.04-0 Monitorização neurofisiológica intraoperatória** 7C
3.01.01.23-9 Curativo especial sob anestesia – por unidade topográfica (UT) 2C
OPMEs Descrição Quantidade
Campo cirúrgico adesivo estéril
 

 

KIT HEMOSTASIA

Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Hemostático absorvível de colágeno 01
Esponja de gelatina absorvível 01
Cotonóides em 3 tamanhos (pequeno, médio e grande ) 01
Cola biológica ou selante dural 5 ml 01
Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
Internação
Dias
UTI
1 dia(s)
Quarto
3 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Aspirador a vácuo, coagulador monopolar e bipolar, microscópio cirúrgico, Manta termica
Resolutividade Cura e plástica do defeito congenito
Seguimento Diario
Rastreabilidade Sim
Comentários Inclui todos os disrafismo abertos ou fechado/oculto. Os disrafismos abertos caracterizam cirurgia em caráter de emergência/urgência de recém-nascidos.

* Quando na coluna cervical alta, este código deverá ser incluído;

** Etapa realizada nos casos de disrafismo fechado/oculto;

Obs 1: Cirurgias realizadas em caráter de emergência/urgência terão acréscimo de 30% no valor final conforme previsto na CBHPM;

Obs 2: Em crianças com peso inferior a 2,5 Kg, o valor final terá acréscimo de 100% conforme previsto CBHPM.

10.3 – MEDULA PRESA: LIBERAÇÃO CIRÚRGICA

Procedimento  10.3 – MEDULA PRESA: LIBERAÇÃO CIRÚRGICA
Descrição do procedimento Cirurgia corretiva que inclui desconexão das raízes/cauda equina de seu implante anômalo ao nível lombossacro visando a liberação/descompressão medular   Pode necessitar Cirurgião Plastico no procedimento – sob justificativa prévia.
CIDs do Procedimento Q069
Indicação Cirurgia corretiva para defeito genético do tubo neural
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva (X ) Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra-indicação clinica ou anestésica

 

Exames da Indicação Ultrassom craniano

Rx do Crânio, Tomografia Computadorizada do crânio e Ressonância Magnética do Crânio

RX, Tomografia Computadorizada, Ressonancia Magnética da coluna vertebral

Códigos CBHPM Descrição Porte
3.07.15.33-4 Tratamento cirúrgico do disrafismo 10B
3.07.15.19-9 Laminectomia ou laminotomia 9C
3.07.15.09-1 Descompressão medular e/ou cauda equina 9C
3.07.15.35-0 Tratamento microcirúrgico das lesões intramedulares (tumor, malformações arteriovenosa, siringomielia, parasitoses) 13B
3.14.01.26-0 Tratamento cirúrgico da fístula liquórica 10C
3.14.03.22-0 Microneurólise múltipla 8B
2.02.02.04-0 Monitorização neurofisiológica intraoperatória 7C
3.07.30.11-2 Miorrafias 3C
3.01.01.23-9 Curativo especial sob anestesia – por unidade topográfica (UT) 2C
OPMEs Descrição Quantidade
Campo cirúrgico adesivo estéril 01
Cola biológica ou selante dural 5 ml 01
Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
Internação
Dias
UTI
1 dia
Quarto
3 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Aspirador a vácuo, coagulador monopolar e bipolar, microscópio cirúrgico, Manta termica
Resolutividade Cura e plástica do defeito congenito
Seguimento Diario
Rastreabilidade Sim
Comentários A doença excepcionalmente pode ser diagnosticada em idade alem da faixa pediátrica e então, necessitar de artodese da coluna lombosacra.  Necessita justificativa prévia;

Obs 1: Cirurgias realizadas em caráter de emergência/urgência terão acréscimo de 30% no valor final conforme previsto na CBHPM;

Obs 2: Em crianças com peso inferior a 2,5 Kg, o valor final terá acréscimo de 100% conforme previsto CBHPM.

10.4 – TERCEIROVENTRICULOSTOMIA ENDOSCÓPICA

Procedimento  10.4 – TERCEIROVENTRICULOSTOMIA ENDOSCÓPICA
Descrição do procedimento Tratamento da hidrocefalia com fenestrações do sistema ventricular/cistos incluindo aquedutoplastia e comunicação ventriculo cisternal
CIDs do Procedimento G910, G911, G912, G913, G919, G930, G940, G941, G942, Q030, Q031, Q038, Q039, Q046, Q050, Q051, Q052, Q053, Q054
Indicação Tratamento da hidrocefalia obstrutiva
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva excepcional (X ) Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra-indicação clinica ou anestésica
Exames da Indicação Ultrassom craniano

Rx do Crânio, Tomografia Computadorizada do crânio  e Ressonância Magnética do Crânio

Códigos CBHPM Descrição Porte
3.14.01.03-1 Cirurgia Intracraniana por via endoscópica 11A
3.14.01.24-4 Terceiro Ventriculostomia 9C
3.14.01.26-0 Tratamento cirúrgico da fístula liquórica 10C
3.14.01.30-9 Tratamento cirúrgico do hematoma intracraniano* 10B
3.01.01.23-9 Curativo especial sob anestesia – por unidade topográfica (UT) 2C
OPMEs Descrição Quantidade
Campo cirúrgico adesivo estéril 01
Kit de neuroendoscopia ventricular (neonatal, infantil, adulto) 01
 

 

KIT TREPANAÇÃO

Broca de parada automática tipo Smith ou instrumento de corte esférico de 5 mm 01
Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Cera hemostática para osso 01
 

 

KIT HEMOSTASIA

Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Hemostático absorvível de colágeno 01
Esponja de gelatina absorvível 01
Cotonóides em 3 tamanhos (pequeno, médio e grande ) 01
Cateter balão para embolectomia arterial/venosa 01
Cola biológica 01
Repositor ósseo ou Cimento ósseo (metilmetacrilato 10 g) 01
Internação
Dias
UTI
1 dia(s)
Quarto
2 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Aspirador a vácuo, coagulador monopolar e bipolar, Manta termica
Resolutividade Alivio da hidrocefalia e desvio interno do fluxo liquorico
Seguimento Diario
Rastreabilidade Sim
Comentários * Quando o procedimento incluir drenagem de hemorragia intraventricular;

Obs 1: Cirurgias realizadas em caráter de emergência/urgência terão acréscimo de 30% no valor final conforme previsto na CBHPM;

Obs 2: Em crianças com peso inferior a 2,5 Kg, o valor final terá acréscimo de 100% conforme previsto CBHPM.

10.5 – CRANIOESTENOSE SIMPLES

Procedimento  10.5 – CRANIOESTENOSE SIMPLES
Descrição do procedimento Tratamento de deformidade craniana causada pelo fechamento precoce de sutura(s) e consequente compressão das estruturas intracranianas.
CIDs do Procedimento C410, D164, Q750, Q751, Q752, Q753, Q754, Q755, Q758, Q759, Q870, S020, S021
Indicação Descompressão cerebral e redução do dano neurológico com restauração cosmetica
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra-indicação clinica ou anestésica

 

Exames da Indicação Ultrassom craniano

Rx do Crânio, Tomografia Computadorizada do crânio  e Ressonância Magnética do Crânio

Códigos CBHPM Descrição Porte
3.02.15.04-8 Reconstrução craniana ou craniofacial 11A
3.02.15.07-2 Tratamento cirúrgico da craniossinostose 8C
3.04.04.12-6 Ressecção do osso temporal 11B
3.02.10.10-0 Reconstrução com rotação do músculo temporal 9C
3.01.01.68-9 Reconstrução com retalho da gálea aponeurótica 8C
3.01.01.23-9 Curativo especial sob anestesia – por unidade topográfica (UT) 2C
OPMEs Descrição Quantidade
Campo cirúrgico adesivo estéril 01
Clips hemostáticos tipo Raney 12
 

KIT CRANIOTOMIA

Broca de parada automática tipo Smith 01
Instrumento de corte esférico para drilagem 01
Fresa para craniótomo adulto ou infantil 01
Cera hemostática para osso 01
 

 

KIT HEMOSTASIA

Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Hemostático absorvível de colágeno 01
Esponja de gelatina absorvível 01
Cotonóides em 3 tamanhos (pequeno, médio e grande ) 01
KIT DUROPLASTIA SINTÉTICA Cola biológica ou selante dural 5 ml 5ml 01
Tela de matriz colágena absorvível e maleável 01
 

KIT RECONSTRUÇÃO CRANIANA

Miniplacas de fechamento de crânio 04
Parafusos titâneo para fechamento crânio 16
Cimento ósseo – metilmetacrilato 10 g

 

01
Alternativa para Miniplacas e parafusos Botões de osteossíntese 04
Dreno à vácuo para subcutâneo 01
Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
Internação
Dias
UTI
1  dia
Quarto
2
dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Aspirador a vácuo, coagulador monopolar e bipolar, microscópio cirúrgico, Manta termica
Resolutividade Cura e plástica da deformidade ossea
Seguimento Diario
Rastreabilidade Sim
Comentários  Obs 1: Cirurgias realizadas em caráter de emergência/urgência terão acréscimo de 30% no valor final conforme previsto na CBHPM;

Obs 2: Em crianças com peso inferior a 2,5 Kg, o valor final terá acréscimo de 100% conforme previsto CBHPM.

10.6 – CRANIOESTENOSE COMPLEXA

Procedimento  10.6 – CRANIOESTENOSE COMPLEXA
Descrição do procedimento Tratamento de deformidade craniofacial causada pelo fechamento precoce de suturas  e consequente compressão das estruturas orbiarias e intracranianas.
CIDs do Procedimento C410, D164, Q750, Q751, Q752, Q754, Q755, Q758, Q870, S020, S021
Indicação Descompressão orbitocraniana e correção cosmetica da deformidade óssea crânio facial
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra-indicação clinica ou anestésica

 

Exames da Indicação Ultrassom craniano

Rx do Crânio, Tomografia Computadorizada do crânio e Ressonância Magnética do Crânio

Códigos CBHPM Descrição Porte
3.02.15.04-8 Reconstrução craniana ou craniofacial 11A
3.02.15.07-2 Tratamento cirúrgico da craniossinostose 8C
3.04.04.12-6 Ressecção do osso temporal 11B
3.02.10.10-0 Reconstrução com rotação do músculo temporal 9C
3.03.02.02-1 Descompressão de órbita ou nervo óptico 9B
3.03.02.10-2 Reconstituição de paredes orbitárias 9B
3.01.01.68-9 Reconstrução com retalho da gálea aponeurótica 8C
3.01.01.23-9 Curativo especial sob anestesia – por unidade topográfica (UT) 2C
OPMEs Descrição Quantidade
Campo cirúrgico adesivo estéril 01
Clips hemostáticos tipo Raney 12
 

KIT CRANIOTOMIA

Broca de parada automática tipo Smith 01
Instrumento de corte esférico para drilagem 01
Fresa para craniótomo adulto ou infantil 01
Cera hemostática para osso 01
 

 

KIT HEMOSTASIA

Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Hemostático absorvível de colágeno 01
Esponja de gelatina absorvível 01
Cotonóides em 3 tamanhos (pequeno, médio e grande ) 01
KIT DUROPLASTIA SINTÉTICA Cola biológica ou selante dural 5 ml 5ml 01
Tela de matriz colágena absorvível e maleável 01
 

KIT RECONSTRUÇÃO CRANIANA

Miniplacas de fechamento de crânio 04
Parafusos titâneo para fechamento crânio 16
Cimento ósseo – metilmetacrilato 10 g

 

01
Alternativa para Miniplacas e parafusos Botões de osteossíntese 04
Dreno à vácuo para subcutâneo 01
Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
Internação
Dias
UTI
03 dia(s)
Quarto
05 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Aspirador a vácuo, coagulador monopolar e bipolar, microscópio cirúrgico, Manta termica
Resolutividade Correção de deformidade craniofacial
Seguimento Diario
Rastreabilidade Sim
Comentários  Obs 1: Cirurgias realizadas em caráter de emergência/urgência terão acréscimo de 30% no valor final conforme previsto na CBHPM;

Obs 2: Em crianças com peso inferior a 2,5 Kg, o valor final terá acréscimo de 100% conforme previsto CBHPM.

10.7 – PUNÇÃO TRANSFONTANELA

Procedimento  10.7 – PUNÇÃO TRANSFONTANELA
Descrição do procedimento Procedimento realizado para alívio de hipertensão intracraniana por hidrocefalia ou coleções intracranianas, ou ainda para coleta diagnóstica de liquor.
CIDs do Procedimento G91.0,G91.1, G91.3 G91.8, G91.9, P10.0, G06.2, S06.5, Q05.2, Q05.3
Indicação Alivio temporário da hidrocefalia  e da pressão intracraniana ou obtenção de material para diagnóstico.
Caráter da Indicação (X)Eletiva ( X ) Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra-indicação clinica ou anestésica

 

Exames da Indicação Ultrassom craniano

Rx do Crânio, Tomografia Computadorizada do crânio e Ressonância Magnética do Crânio

Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.01.03-9 Consulta em pronto-socorro 2B
3.14.01.19-8 Punção subdural ou transfontanela 2B
2.01.04.10-3 Curativos em geral sem anestesia 1A
OPMEs Descrição Quantidade
Não
Internação
Dias
UTI
xx dia(s)
Quarto
03 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade Alivio temporário da pressão intracraniana
Seguimento Não
Rastreabilidade Sim
Comentários  Obs 1: Cirurgias realizadas em caráter de emergência/urgência terão acréscimo de 30% no valor final conforme previsto na CBHPM;

Obs 2: Em crianças com peso inferior a 2,5 Kg, o valor final terá acréscimo de 100% conforme previsto CBHPM.