9.1 –BIÓPSIA POR ESTEREOTAXIA

Procedimento 9.1 –BIÓPSIA POR ESTEREOTAXIA
Descrição do procedimento Procedimento para retirada de fragmentos de lesões e/ou tecidos encefálicos para análise laboratorial e/ou anatomopatológica. Utiliza a técnica de Estereotaxia
CIDs do Procedimento A810, A811, A812, A818, B220, B690, B699, C700, C710, C711, C712, C713, C714, C715, C716, C717, C718, C722, C723, C724, C725, C728, C751, D330, D331, D332, D333, D337, D352, D430, D431, D437, D443, G062, G930, G934, R900, R908
Indicação Biopsia diagnostica de tecido cerebral por método estereotaxico
Caráter da Indicação (X)Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica
Exames da Indicação Tomografia Computadorizada do crânio, Ressonância Magnética do Crânio, AngioRessonancia, AngioTomografia, Angiografia digital.
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
3.14.01.35-0 Implante de halo para radiocirurgia 10A
3.14.01.13-9 Localização estereotaxica de lesões intracranianas com remoção 10A
3.14.01.01-5 Biópsia estereotaxica do encéfalo 10A
1.01.05.07-7 Acompanhamento médico para transporte intra-hospitalar 2B
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Campo cirúrgico adesivo estéril 01
  Kit descartável para biópsia estereotaxica 01
  Software Estereotáctico 01
  Repositor ósseo ou Cimento ósseo – metilmetacrilato 10 g 01
  Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
 
Internação
Dias
UTI 
1
dia
Quarto
1
dia
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Não  
Resolutividade Obter diagnostico etiológico de lesão cerebral
Seguimento Diario
Rastreabilidade Sim
Comentários

9.2 – TUMORES COM LOCALIZAÇÃO POR ESTEREOTAXIA

Procedimento 9.2 – TUMORES COM LOCALIZAÇÃO POR ESTEREOTAXIA  
Descrição do procedimento Identificaçaõ precisa da localização de tumores intracranianos  com utilização do método estereotaxico  
CIDs do Procedimento A810, A811, A812, A818, B220, B690, B699, C700, C710, C711, C712, C713, C714, C715, C716, C717, C718, C722, C723, C724, C725, C728, C751, D330, D331, D332, D333, D337, D352, D430, D431, D437, D443, G062, G930, G934, R900, R908  
Indicação Localização precisa de tumores intracerebrais  
Caráter da Indicação (X)Eletiva (  )Urgência  
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica  
Exames da Indicação Tomografia Computadorizada do crânio, Ressonância Magnética do Crânio, AngioRessonancia, AngioTomografia, Angiografia digital.  
   
Códigos CBHPM Descrição Porte  
3.14.01.35-0 Implante de halo para radiocirurgia 10A  
3.14.01.13-9 Localização estereotaxica de lesões intracranianas com remoção 10A  
3.14.01.15-5 Microcirurgia para tumores intracranianos 14A  
3.14.01.26-0 Tratamento cirúrgico da fístula liquórica 10C  
3.01.01.68-9 Reconstrução com retalho da gálea aponeurótica 8C  
3.02.15.04-8 Reconstrução craniana ou craniofacial 11A  
3.04.04.12-6 Ressecção do osso temporal* 11B  
3.02.10.10-0 Reconstrução com rotação do músculo temporal* 9C  
2.02.02.04-0 Monitorização neurofisiológica intraoperatória** 7C  
1.01.05.07-7 Acompanhamento médico para transporte intra-hospitalar    
       
   
OPMEs Descrição Quantidade  
  Campo cirúrgico adesivo estéril 01  
  Capa de microscópio neurocirúrgico 01  
  Kit cânula descartável para cirurgia guiada por estereotaxia 01  
  Software Estereotáctico 01  
 

KIT CRANIOTOMIA

Broca de parada automática tipo Smith 01
Instrumento de corte esférico para drilagem 01
Fresa para craniótomo adulto ou infantil 01
Cera hemostática para osso 01
 

 

KIT HEMOSTASIA

Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Hemostático absorvível de colágeno 01
Esponja de gelatina absorvível 01
Cotonóides em 3 tamanhos (pequeno, médio e grande ) 01
KIT DUROPLASTIA SINTÉTICA Cola biológica ou selante dural 5 ml 01
Tela de matriz colágena absorvível e maleável 01
 

KIT RECONSTRUÇÃO CRANIANA

Miniplacas de fechamento de crânio 04
Parafusos titâneo para fechamento crânio 16
Cimento ósseo – metilmetacrilato 10 g 01
Alternativa para Miniplacas e parafusos Botões de osteossíntese 04
  Dreno à vácuo para subcutâneo 01  
  Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01  
   
Internação
Dias
UTI
02 dia(s)
Quarto
05 dia(s)
 
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não  
Materiais Especiais Não  
Resolutividade Localização precisa de tumor intracraniano  
Seguimento Diario  
Rastreabilidade Sim  
Comentários *Incluir códigos quando acesso envolver osso temporal

**Incluir código quando realizado monitorizaçao

9.3 –DRENAGEM POR ESTEREOTAXIA

Procedimento 9.3 –DRENAGEM POR ESTEREOTAXIA
Descrição do procedimento Procedimento para drenagem intracraniana de cistos, hematomas ou abcessos. Utiliza a técnica de Estereotaxia
CIDs do Procedimento A810, A811, A812, A818, B220, B690, B699, C700, C710, C711, C712, C713, C714, C715, C716, C717, C718, C719, G060, G062, G309, G379, G930, G934
Indicação Drenagem de coleções intracranianas.
Caráter da Indicação (X)Eletiva ( X ) Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica
Exames da Indicação Tomografia Computadorizada do crânio, Ressonância Magnética do Crânio, AngioRessonancia, AngioTomografia, Angiografia digital.
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
3.14.01.35-0 Implante de halo para radiocirurgia 10A
3.14.01.13-9 Localização estereotaxica de lesões intracranianas com remoção 10A
3.14.01.06-6 Drenagem estereotaxica – cistos, hematomas ou abcessos 10A
1.01.05.07-7 Acompanhamento médico para transporte intra-hospitalar 2B
     
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Campo cirúrgico adesivo estéril 01
  Software Estereotáctico 01
  Kit descartável para evacuação de cistos por estereotaxia 01
 

 

KIT TREPANAÇÃO

Broca de parada automática tipo Smith ou instrumento de corte esférico de 5 mm 01
Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Cera hemostática para osso 01
 

 

KIT HEMOSTASIA

Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Hemostático absorvível de colágeno 01
Esponja de gelatina absorvível 01
Cotonóides em 3 tamanhos (pequeno, médio e grande ) 01
  Repositor ósseo ou Cimento ósseo (metilmetacrilato 10 g) 01
  Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
 
Internação
Dias
UTI
1 dia
Quarto
dia
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade Drenagem de coleção intracraniana
Seguimento Não
Rastreabilidade Sim
Comentários

9.4 – CIRURGIA DA EPILEPSIA I

Procedimento 9.4 – CIRURGIA DA EPILEPSIA I
Descrição do procedimento Cirurgia por craniotomia para o implante de eletrodo/grid de monitoramento por vídeo-EEG
CIDs do Procedimento G400, G401, G402, G403, G404, G405, G406, G407, G408, G409, G410, G411, G412, G418, G419
Indicação Epilepsia refrataria
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica
Exames da Indicação Tomografia Computadorizada do crânio, Ressonância Magnética do Crânio, Eletroencefalograma, Video EEG
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
3.04.04.12-6 Ressecção do osso temporal 11B
3.14.01.10-4 Implante de eletrodos medular ou cerebral 10A
3.01.01.68-9 Reconstrução com retalho da gálea aponeurótica 8C
3.02.15.04-8 Reconstrução craniana ou craniofacial 11A
3.02.10.10-0 Reconstrução com rotação do músculo temporal 9C
3.14.01.26-0 Tratamento cirúrgico da fístula liquórica 10C
2.02.02.04-0 Monitorização neurofisiológica intraoperatória 7C
3.01.01.23-9 Curativo especial sob anestesia – por unidade topográfica (UT) 2C
     
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Campo cirúrgico adesivo estéril 01
  Placas de eletrodos subdurais com 64 contatos 02
  Cabos extensores com 64 contatos para realização de exame após implantação 02
 

KIT CRANIOTOMIA

Broca de parada automática tipo Smith 01
Instrumento de corte esférico para drilagem 01
Fresa para craniótomo adulto ou infantil 01
Cera hemostática para osso 01
 

 

KIT HEMOSTASIA

Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Hemostático absorvível de colágeno 01
Esponja de gelatina absorvível 01
Cotonóides em 3 tamanhos (pequeno, médio e grande ) 01
KIT DUROPLASTIA SINTÉTICA Cola biológica ou selante dural 5 ml 5ml 01
Tela de matriz colágena absorvível e maleável 01
 

KIT RECONSTRUÇÃO CRANIANA

Miniplacas de fechamento de crânio 04
Parafusos titâneo para fechamento crânio 16
Cimento ósseo – metilmetacrilato 10 g

 

01
Alternativa para Miniplacas e parafusos Botões de osteossíntese 04
  Dreno à vácuo para subcutâneo 01
  Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
 
Internação
Dias
UTI
1 dia(s)
Quarto
2 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade Controlar epilepsia
Seguimento diario
Rastreabilidade Sim
Comentários

9.5 – CIRURGIA DA EPILEPSIA II

Procedimento 9.5 – CIRURGIA DA EPILEPSIA II
Descrição do procedimento Segundo tempo da cirurgia da epilepsia com reabordagem na mesma craniotomia após alguns dias de vídeo-EEG invasivo para monitoramento neurofisiológico desde saída do primeiro tempo até o término do segundo tempo. Ou ainda pode ser a cirurgia da epilepsia em tempo único
CIDs do Procedimento G400, G401, G402, G403, G404, G405, G406, G407, G408, G409, G410, G411, G412, G418, G419
Indicação Epilepsia refrataria
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica
Exames da Indicação Tomografia Computadorizada do crânio, Ressonância Magnética do Crânio, Eletroencefalograma, Video EEG
Códigos CBHPM Descrição Porte
3.14.01.25-2 Tratamento cirúrgico da epilepsia 11C
2.02.02.04-0 Monitorização neurofisiológica intraoperatória 7C
4.01.03.27-7 Eletrocorticografia intra-operatoria (ECOG) – por hora de monitorização* 3A
3.14.01.26-0 Tratamento cirúrgico da fístula liquórica 10C
3.01.01.68-9 Reconstrução com retalho da gálea aponeurótica 8C
3.02.15.04-8 Reconstrução craniana ou craniofacial 11A
3.01.01.23-9 Curativo especial sob anestesia – por unidade topográfica (UT) 2C
OPMEs Descrição Quantidade
Campo cirúrgico adesivo estéril 01
Capa de microscópio neurocirúrgico 01
 

KIT CRANIOTOMIA

Broca de parada automática tipo Smith 01
Instrumento de corte esférico para drilagem 01
Fresa para craniótomo adulto ou infantil 01
Cera hemostática para osso 01
 

 

KIT HEMOSTASIA

Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Hemostático absorvível de colágeno 01
Esponja de gelatina absorvível 01
Cotonóides em 3 tamanhos (pequeno, médio e grande ) 01
KIT DUROPLASTIA SINTÉTICA Cola biológica ou selante dural 5 ml 01
Tela de matriz colágena absorvível e maleável 01
 

KIT RECONSTRUÇÃO CRANIANA

Miniplacas de fechamento de crânio 04
Parafusos titâneo para fechamento crânio 16
Cimento ósseo – metilmetacrilato 10 g

 

01
Alternativa para Miniplacas e parafusos Botões de osteossíntese 04
Dreno à vácuo para subcutâneo 01
Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
Internação
Dias
UTI
2 dia(s)
Quarto
3 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Aspirador a vácuo, coagulador monopolar e bipolar, microscópio cirúrgico
Resolutividade Tratamenco cirurgico do foco epileptogenico
Seguimento diario
Rastreabilidade Sim
Comentários *Valor deste código será multiplicado pelo tempo total da cirurgia

9.6 – TRATAMENTO CIRÚRGICO DA EPILEPSIA (Estimulação Elétrica Vagal)

Procedimento 9.6 – TRATAMENTO CIRÚRGICO DA EPILEPSIA (Estimulação Elétrica Vagal)
Descrição do procedimento Implante de estimulador de nervo vago para epilepsia refratária
CIDs do Procedimento G400, G401, G402, G403, G404, G405, G406, G407, G408, G409, G410, G411, G412, G418, G419
Indicação Epilepsia refrataria
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica
Exames da Indicação Tomografia Computadorizada do crânio, Ressonância Magnética do Crânio, AngioRessonancia, AngioTomografia, Angiografia digital..Eletroencefalograma,  Video EEG
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
3.14.01.25-2 Tratamento cirúrgico da epilepsia 11C
3.14.03.14-0 Implante de gerador para neuroestimulação 8A
3.02.12.01-4 Cervicotomia exploradora 7C
4.01.03.43-9 Impedanciometria 2B
3.14.03.12-3 Exploração cirúrgica de nervos (Neurólise externa) 5B
     
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Campo cirúrgico adesivo estéril 01
  Conjunto implantável para estimulação do nervo vago 01
  Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
 
Internação
Dias
UTI
0 dia(s)
Quarto
2 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Aspirador a vacuo, Coagulador bipolar e monopolar e Microscopio cirurgico
Resolutividade Controle da epilepsia
Seguimento diario
Rastreabilidade Sim
Comentários

9.7 – TRATAMENTO CIRÚRGICO DA EPILEPSIA (Estimulação Cerebral Profunda)

Procedimento 9.7 – TRATAMENTO CIRÚRGICO DA EPILEPSIA (Estimulação Cerebral Profunda)
Descrição do procedimento Implante de eletrodo cerebral profundo para neuromodulação nos casos de epilepsias refratárias
CIDs do Procedimento G400, G401, G402, G403, G404, G405, G406, G407, G408, G409, G410, G411, G412, G418, G419
Indicação Epilepsia refratária
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica
Exames da Indicação Tomografia Computadorizada do crânio, Ressonância Magnética do Crânio, AngioRessonancia, AngioTomografia, Angiografia digital. Eletroencefalograma,  Video EEG
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
3.14.01.25-2 Tratamento cirúrgico da epilepsia 11C
3.14.01.35-0 Implante de halo para radiocirurgia 10A
3.14.01.14-7 Localização estereotaxica de lesões intracranianas com remoção* 10A
3.14.01.09-0 Implante de eletrodos cerebral profundo*† 8A
3.14.01.10-4 Implante de eletrodos medular ou cerebral* 10A
3.14.03.14-0 Implante de gerador para neuroestimulação 8A
2.02.02.04-0 Monitorização neurofisiológica intraoperatória 7C
4.01.03.43-9 Impedanciometria* 2B
4.08.11.02-6 Radioscopia para acompanhamento de procedimento cirúrgico 2B
1.01.05.07-7 Acompanhamento médico para transporte intra-hospitalar 2C
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Campo cirúrgico adesivo estéril 01
  Kit cânula-guia descartável para estereotaxia (DBS) 01
  Software Estereotáctico 01
 

 

KIT TREPANAÇÃO

Broca de parada automática tipo Smith ou instrumento de corte esférico de 5 mm 01
Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Cera hemostática para osso 01
  Eletrodo implantável para estimulação cerebral profunda 02
  Cabos extensores 02
  Neuroestimulador não-recarregável ou recarregável (incluindo Kit de recarga) 01
  Controle pessoal de terapia do paciente 01
  Repositor ósseo ou Cimento ósseo (metilmetacrilato 10 g) 01
  Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 04
 
Internação
Dias
UTI
1 dia(s)
Quarto
1 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade Controle de epilepsia
Seguimento diario
Rastreabilidade Sim
Comentários *Valor destes códigos serão multiplicados pelo número de alvos realizados.

† Quando for implante bilateral de eletrodo, este código será multiplicado ainda x2.

9.8 – CIRURGIA DOS TRANSTORNOS DE MOVIMENTO (Estimulação Cerebral Profunda)

Procedimento 9.8 – CIRURGIA DOS TRANSTORNOS DE MOVIMENTO (Estimulação Cerebral Profunda)
Descrição do procedimento Cirurgia estereotáctica com implante de eletrodo cerebral profundo (DBS) para tratamento de doença de Parkinson, distonias e tremores
CIDs do Procedimento G210, G211, G212, G213, G218, G219, G241, G242, G250, G252, R250, R251, R258
Indicação Transtorno dos movimentos refratório
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica
Exames da Indicação Tomografia Computadorizada do crânio, Ressonância Magnética do Crânio, AngioRessonancia, AngioTomografia, Angiografia digital. Eletroencefalograma,  Video EEG
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
3.14.01.35-0 Implante de halo para radiocirurgia 10A
3.14.01.13-9 Localização estereotaxica de lesões intracranianas com remoção * 10A
3.14.01.10-4 Implante de eletrodos medular ou cerebral* 10A
3.14.01.09-0 Implante de eletrodos cerebral profundo* 8A
3.14.03.14-0 Implante de gerador para neuroestimulação 8A
2.02.02.04-0 Monitorização neurofisiológica intraoperatória* 7C
4.01.03.43-9 Impedanciometria 2B
4.08.11.02-6 Radioscopia para acompanhamento de procedimento cirúrgico 2B
1.01.05.07-7 Acompanhamento médico para transporte intra-hospitalar 2C
     
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Campo cirúrgico adesivo estéril 01
 

 

KIT TREPANAÇÃO

Broca de parada automática tipo Smith ou instrumento de corte esférico de 5 mm 01
Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Cera hemostática para osso 01
  Kit cânula-guia descartável para estereotaxia (DBS) 01
  Software Estereotáctico 01
  Eletrodo implantável para estimulação cerebral profunda 02
  Cabos extensores 02
  Neuroestimulador não-recarregável ou recarregável (incluindo Kit de recarga) 01
  Controle pessoal de terapia do paciente 01
  Repositor ósseo ou Cimento ósseo (metilmetacrilato 10 g) 01
  Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 04
     
 
Internação
Dias
UTI
1 dia(s)
Quarto
1 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade Controle de movimentos anormais
Seguimento diario
Rastreabilidade Sim
Comentários *Valor deste código será multiplicado por número de alvos

9.9 – CIRURGIA DOS TRANSTORNOS DE MOVIMENTO (Método Ablativo)

Procedimento 9.9 – CIRURGIA DOS TRANSTORNOS DE MOVIMENTO (Método Ablativo)
Descrição do procedimento Cirurgia estereotáctica com ablação por radiofrequência de núcleo(s) cerebrais profundos para tratamento de doença de Parkinson, distonias e tremores
CIDs do Procedimento G210, G211, G212, G213, G218, G219, G241, G242, G250, G252, R250, R251, R258
Indicação Controle daos movimentos anormais na  Doença de Parkinson
Caráter da Indicação ( X ) Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica

 

Exames da Indicação Tomografia Computadorizada do crânio, Ressonância Magnética do Crânio, AngioRessonancia, AngioTomografia, Angiografia digital..
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
3.14.01.35-0 Implante de halo para radiocirurgia 10A
3.14.01.13-9 Localização estereotaxica de lesões intracranianas com remoção * 10A
3.14.03.16-6 Lesão estereotáxica de estruturas profundas para tratamento da dor, ou movimento anormal* 10B
3.14.01.09-0 Implante de eletrodos cerebral profundo* 8A
2.02.02.04-0 Monitorização neurofisiológica intraoperatória * 7C
4.01.03.43-9 Impedanciometria* 2B
4.08.11.02-6 Radioscopia para acompanhamento de procedimento cirúrgico 2B
1.01.05.07-7 Acompanhamento médico para transporte intra-hospitalar 2C
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Campo cirúrgico adesivo estéril 01
 

 

KIT TREPANAÇÃO

Broca de parada automática tipo Smith ou instrumento de corte esférico de 5 mm 01
Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Cera hemostática para osso 01
  Kit cânula-guia descartável para estereotaxia (DBS) 01
  Software Estereotáctico 01
  Eletrodo isolado descartável de 1,27-1,5 mm diâmetro com ponta ativa de 1-8 mm 01
  Cabos extensores 02
  Neuroestimulador não-recarregável ou recarregável (incluindo Kit de recarga) 01
  Controle pessoal de terapia do paciente 01
  Repositor ósseo ou Cimento ósseo (metilmetacrilato 10 g) 01
  Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 04
 
Internação
Dias
UTI
1 dia(s)
Quarto
1 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade Controle de movimentos anormais
Seguimento diario
Rastreabilidade Sim
Comentários *Valor deste código será multiplicado por número de alvos

9.10 – TRATAMENTO CIRÚRGICO DOS TRANSTORNOS DO COMPORTAMENTO

Procedimento 9.10 – TRATAMENTO CIRÚRGICO DOS TRANSTORNOS DO COMPORTAMENTO
Descrição do procedimento Cirurgia realizada por estereotaxia com lesão de núcleos específicos através de técnica ablativa por radiofrequência
CIDs do Procedimento F688, F420, F421, F422, F428, F429, F313, F324, F325, F330, F331, F332, F333, F334, F338, F339, Z724
Indicação Controle de alterações do comportamento
Caráter da Indicação (X)Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação Coagulopatia descompensada e contra indicação clinica ou anestésica
Exames da Indicação Tomografia Computadorizada do crânio, Ressonância Magnética do Crânio, AngioRessonancia, AngioTomografia, Angiografia digital..
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
3.14.01.35-0 Implante de halo para radiocirurgia 10A
3.14.01.13-9 Localização estereotaxica de lesões intracranianas com remoção* 10A
3.14.03.16-6 Lesão estereotáxica de estruturas profundas para tratamento da dor, ou movimento anormal* 10B
3.14.01.09-0 Implante de eletrodos cerebral profundo 8A
4.01.03.43-9 Impedanciometria* 2B
3.14.01.02-3 Cingulotomia ou capsulotomia unilateral** 10B
2.02.02.04-0 Monitorização neurofisiológica intraoperatória 7C
4.08.11.02-6 Radioscopia para acompanhamento de procedimento cirúrgico 2B
1.01.05.07-7 Acompanhamento médico para transporte intra-hospitalar 2C
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Campo cirúrgico adesivo estéril 01
  Software Estereotáctico 01
 

 

KIT TREPANAÇÃO

Broca de parada automática tipo Smith ou instrumento de corte esférico de 5 mm 01
Hemostáticos polímero de celulose oxidado para hemostasia ou hemostático de fibrina 01
Cera hemostática para osso 01
  Eletrodo isolado descartável com ponta ativa para radiofrequência 01
  Repositor ósseo ou Cimento ósseo (metilmetacrilato 10 g) 01
  Curativo estéril de filme transparente ou película protetora adesivo 01
 
Internação
Dias
UTI
1 dia(s)
Quarto
1 dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Não  
Resolutividade Controle do comportamento
Seguimento diario
Rastreabilidade Sim
Comentários  *Valor será multiplicado por número de alvos (exceto cíngulo e capsula)

**Incluir código quando o alvo estereotáctico envolver giro do cíngulo e/ou cápsula