2.1 – RESPOSTA DE PARECER – CRÂNIO I (TCE, hipertensão intracraniana, hemorragias, abcesso)

Procedimento 2.1 – RESPOSTA DE PARECER – CRÂNIO I (TCE, hipertensão intracraniana, hemorragias, abcesso)
Descrição do procedimento Consulta especializada em neurocirurgia solicitada por outra especialidade na emergência ou internado para avaliar afecções urgenciais de crânio. O neurocirurgião realiza e/ou orienta o médico solicitante do parecer quanto às condutas iniciais do caso. O paciente pode se tornar um caso cirúrgico, ficar em observação ou receber alta com orientações.
CIDs do Procedimento G06.0, G07, G08, G93.2, I60.6, I60.7, I62.9, I67.6, P10.8, P10.9, P52.8, P52.9, R90.0 P13.0, S02.0, S02.1, S02.7, S02.8, S02.9, S06.9S07.1, S06, T90.2, T90.5
Indicação Paciente internado com pedido de parecer à neurocirurgia
Caráter da Indicação (  )Eletiva (X)Urgência
Contra-Indicação Não
Exames da Indicação Punção lombar, Rx, TC, RM
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.01.03-9 Consulta em pronto-socorro 2B
2.02.01.08-7 Tratamento conservador de TCE, HIC e hemorragia (por dia) 3C
4.13.01.07-2 Campimetria manual – monocular 1C
4.13.01.20-0 Exame de motilidade ocular (teste ortóptico) – binocular 1B
3.07.15.25-3 Punção Liquórica* 2B
 
OPMEs Descrição Quantidade
Não    
 
Internação
Dias
UTI
xx dia(s)
Quarto
xx dia(s)
Anestesia (X)Sim se punção lombar (X)Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade Depende do diagnóstico
Seguimento Diário se indicado acompanhamento neurocirúrgico
Rastreabilidade Sim
Comentários * Nos casos necessário para o diagnostico de HSA

2.2 – RESPOSTA DE PARECER – CRÂNIO II (TCE + Fratura de crânio)

Procedimento 2.2 – RESPOSTA DE PARECER – CRÂNIO II (TCE + Fratura de crânio)
Descrição do procedimento Consulta especializada em neurocirurgia solicitada por outra especialidade na emergência ou internado para avaliar afecções urgenciais de crânio. O neurocirurgião realiza e/ou orienta o médico solicitante do parecer quanto às condutas iniciais do caso. O paciente pode se tornar um caso cirúrgico, ficar em observação ou receber alta com orientações.
CIDs do Procedimento I62.9, I67.6, P13.0, P52.8, P52.9, R90.0, S02.0, S02.1, S02.7, S02.8, S02.9, S07.1, S06, T90.2, T90.5
Indicação Pacientes com fratura de crânio
Caráter da Indicação (  )Eletiva (X)Urgência
Contra-Indicação Não
Exames da Indicação Rx, TC, RM
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.01.03-9 Consulta em pronto-socorro 2B
4.13.01.07-2 Campimetria manual – monocular 1C
4.13.01.20-0 Exame de motilidade ocular (teste ortóptico) – binocular 1B
3.02.07.22-3 Tratamento conservador de fratura de ossos 4C
 
OPMEs Descrição Quantidade
Não    
 
Internação
Dias
UTI
xx dia(s)
Quarto
xx dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade Depende do diagnóstico
Seguimento Diário se indicado acompanhamento neurocirúrgico
Rastreabilidade Sim
Comentários

2.3 – RESPOSTA DE PARECER – COLUNA I (Patologias Não Traumáticas da Coluna)

Procedimento 2.3 – RESPOSTA DE PARECER – COLUNA I (Patologias Não Traumáticas da Coluna)
Descrição do procedimento Consulta especializada em neurocirurgia solicitada por outra especialidade na emergência ou internado para avaliar afecções urgenciais de coluna. O neurocirurgião realiza e/ou orienta o médico solicitante do parecer quanto às condutas iniciais do caso. O paciente pode se tornar um caso cirúrgico, ficar em observação ou receber alta com orientações.
CIDs do Procedimento C41.2, D16.6, M40.3, M43.2, M48.0, M49.0, M53.2, G97.1, M47.1, M47.2, M50.0, M50.1, M54.5, M50.1, M50.2, M51.1, M51.2, Q67.5, Q76.4, Q77.8, Q77.9, S13.4, S14.2, S23.3, S24.2, S33.0, S33.5, S33.7, S34.1, S34.2, S34.2, S34.5, T91.1
Indicação Pacientes com patologias de coluna não traumáticas
Caráter da Indicação (  )Eletiva (X)Urgência
Contra-Indicação Não
Exames da Indicação Rx, TC, RM
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.01.03-9 Consulta em pronto-socorro 2B
3.07.15.23-7 Outras afecções da coluna – tratamento incruento 3B
 
OPMEs Descrição Quantidade
Não    
 
Internação
Dias
UTI
xx dia(s)
Quarto
xx dia(s)
Anestesia (  ) Sim ( x ) Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade Depende diagnóstico
Seguimento Diário se indicado acompanhamento neurocirúrgico
Rastreabilidade Sim
Comentários

2.4 – RESPOSTA DE PARECER – COLUNA II (Patologias Não Traumáticas) + Infiltração Coluna na Emergência

Procedimento 2.4 – RESPOSTA DE PARECER – COLUNA II (Patologias Não Traumáticas) + Infiltração Coluna na Emergência
Descrição do procedimento Consulta especializada em neurocirurgia/coluna solicitada por outra especialidade na emergência ou internado. O neurocirurgião realiza infiltração de coluna na emergência para alívio da dor.
CIDs do Procedimento C41.2, D16.6, M40.3, M43.2, M48.0, M49.0, M53.2, G97.1, M47.1, M47.2, M50.0, M50.1, M54.5, M50.1, M50.2, M51.1, M51.2, Q67.5, Q76.4, Q77.8, Q77.9, S13.4, S14.2, S23.3, S24.2, S33.0, S33.5, S33.7, S34.1, S34.2, S34.2, S34.5, T91.1
Indicação Crise de dor de coluna
Caráter da Indicação (  )Eletiva (X)Urgência
Contra-Indicação Alergia aos medicamentos infiltrados
Exames da Indicação Rx, TC, RM
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.01.03-9 Consulta em pronto-socorro 2B
3.07.15.23-7 Outras afecções da coluna – tratamento incruento 3B
2.01.03.30-1 Infiltração de ponto-gatilho (por região muscular) 3A
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Seringa 10 ml 01
  Agulha 01
  Agulha 01
  Lidocaína sem vaso 01
  Corticóide 01
 
Internação
Dias
UTI
xx dia(s)
Quarto
xx dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade Alta
Seguimento Diário se necessário enquanto estiver internado
Rastreabilidade Sim
Comentários

2.5 – RESPOSTA DE PARECER – COLUNA III (Patologias Traumáticas/TRM da Coluna) Vertebral)

Procedimento 2.5 – RESPOSTA DE PARECER – COLUNA III (Patologias Traumáticas/TRM da Coluna) Vertebral)
Descrição do procedimento Consulta especializada em neurocirurgia para avaliar trauma de coluna solicitada por outra especialidade na emergência ou internado. O neurocirurgião realiza e/ou orienta o médico solicitante do parecer quanto às condutas iniciais do caso. O paciente pode se tornar um caso cirúrgico, ficar em observação ou receber alta com orientações
CIDs do Procedimento P11.5, S12, S22.1, S32.7, S32.8, S33.3, T08, T91.1
Indicação Trauma de coluna
Caráter da Indicação (  )Eletiva (X)Urgência
Contra-Indicação Não
Exames da Indicação Rx, TC, RM
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.01.03-9 Consulta em pronto-socorro 2B
3.07.15.34-2 Tratamento conservador do traumatismo raquimedular (por dia) 3C
3.07.15.15-6 Fratura e/ou luxação da coluna vertebral – redução incruenta 5B
3.07.15.23-7 Outras afecções da coluna – tratamento incruento 3B
 
OPMEs Descrição Quantidade
Não    
 
Internação
Dias
UTI
xx dia(s)
Quarto
xx dia(s)
Anestesia (  ) Sim ( X ) Não
Materiais Especiais Não
Resolutividade De acordo com os escores de TRM (ASIA, Frankel, etc) e se tratamento clínico ou cirúrgico
Seguimento Diário se internado ou 30, 60, 90 dias se seguir ambulatorialmente
Rastreabilidade Sim
Comentários

2.6 – RESPOSTA DE PARECER – COLUNA IV (TRM CERVICAL) + TRAÇÃO CERVICAL

Procedimento 2.6 – RESPOSTA DE PARECER – COLUNA IV (TRM CERVICAL) + TRAÇÃO CERVICAL
Descrição do procedimento Consulta especializada em neurocirurgia para avaliar trauma da coluna cervical solicitada por outra especialidade na emergência ou internado. O neurocirurgião realiza e/ou orienta o médico solicitante do parecer quanto às condutas iniciais do caso. O paciente pode se tornar um caso cirúrgico ou seguir em tratamento conservador com halo-vest/órtese.
CIDs do Procedimento M50.0, M50.1, M50.2, S12, S13, S14
Indicação TRM coluna cervical
Caráter da Indicação (  )Eletiva (X)Urgência
Contra-Indicação Não
Exames da Indicação RX, TC, RM
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.01.03-9 Consulta em pronto-socorro 2B
3.07.15.34-2 Tratamento conservador do traumatismo raquimedular (por dia) 3C
3.07.15.29-6 Tração cervical trans-esquelética 8B
 
OPMEs Descrição Quantidade
     
     
 
Internação
Dias
UTI
xx dia(s)
Quarto
xx dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais Halo de crânio
Resolutividade De acordo com os escores de TRM (ASIA, Frankel, etc)
Seguimento Diário enquanto paciente estiver internado
Rastreabilidade Sim
Comentários Alta Morbidade

2.7 – RESPOSTA DE PARECER + PUNÇÃO LOMBAR

Procedimento 2.7 – RESPOSTA DE PARECER + PUNÇÃO LOMBAR
Descrição do procedimento Consulta especializada em neurocirurgia solicitada por outra especialidade na emergência ou internado. A punção lombar é realizada para diagnóstico laboratorial de doenças inflamatórias/infecciosas, avaliação de cefaleia por hipertensão intracraniana benigna, infusão de quimioterápico, teste de Morfina ou Baclofeno Intratecal ou Tap-test (avaliação de hidrocefalia de pressão normal).
CIDs do Procedimento  
Indicação  
Caráter da Indicação (  )Eletiva ( x )Urgência
Contra-Indicação  
Exames da Indicação  
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.01.03-9 Consulta em pronto-socorro 2B
3.07.15.25-3 Punção Liquórica 2B
2.01.04.10-3 Curativos em geral sem anestesia 1A
 
OPMEs Descrição Quantidade
  Agulha de punção lombar descartável 01
 
Internação
Dias
UTI
xx dia(s)
Quarto
xx dia(s)
Anestesia ( x ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais  
Resolutividade Alta
Seguimento Depende do diagnóstico
Rastreabilidade Sim
Comentários

2.8 – VISITA HOSPITALAR DE PÓS-OPERATÓRIO

Procedimento 2.8 – VISITA HOSPITALAR DE PÓS-OPERATÓRIO
Descrição do procedimento Visita hospitalar para acompanhamento de paciente internado para observação neurológica. Paciente não realizou cirurgia, mas pode se tornar cirúrgico.
CIDs do Procedimento  
Indicação  
Caráter da Indicação ( X )Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação  
Exames da Indicação  
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.02.01-9 Visita hospitalar a paciente internado 2A
4.13.01.07-2 Campimetria manual – monocular 1C
4.13.01.20-0 Exame de motilidade ocular (teste ortóptico) – binocular 1B
3.07.15.25-3 Punção Liquórica* 2B
 
OPMEs Descrição Quantidade
     
 
Internação Dias UTI
xx dia(s)
Quarto
xx dia(s)
Anestesia ( ) Sim ( X ) Não
Materiais Especiais  
Resolutividade Dependendo da patologia
Seguimento Diário
Rastreabilidade Sim
Comentários *Caso necessário para diagnóstico ou alívio cefaléia

2.9 – VISITA HOSPITALAR DIÁRIA – CRÂNIO I (Tratamento conservador de TCE, hipertensão intracraniana, hemorragias)

Procedimento 2.9 – VISITA HOSPITALAR DIÁRIA – CRÂNIO I (Tratamento conservador de TCE, hipertensão intracraniana, hemorragias)
Descrição do procedimento Visita hospitalar para acompanhamento de paciente internado para observação neurológica. Paciente não realizou cirurgia, mas pode se tornar cirúrgico
CIDs do Procedimento G06.0, G07, G08, G93.2, I60.6, I60.7, I62.9, I67.6, P10.8, P10.9, P52.8, P52.9, R90.0 P13.0, S02.0, S02.1, S02.7, S02.8, S02.9, S06.9S07.1, S06, T90.2, T90.5
Indicação  
Caráter da Indicação (  )Eletiva (  )Urgência
Contra-Indicação  
Exames da Indicação  
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.02.01-9 Visita hospitalar a paciente internado 2A
4.13.01.07-2 Campimetria manual – monocular 1C
4.13.01.20-0 Exame de motilidade ocular (teste ortóptico) – binocular 1B
2.02.01.08-7 Tratamento conservador de TCE, HIC e hemorragia (por dia) 3C
3.07.15.25-3 Punção Liquórica* 2B
     
 
OPMEs Descrição Quantidade
     
 
Internação
Dias
UTI
xx dia(s)
Quarto
xx dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais  
Resolutividade Depende do dignóstico
Seguimento Diário até alta hospitalar
Rastreabilidade Sim
Comentários * Nos casos necessário para diagnostico

2.10 – VISITA HOSPITALAR – CRÂNIO II (TCE + Fratura de crânio)

Procedimento 2.10 – VISITA HOSPITALAR – CRÂNIO II (TCE + Fratura de crânio)
Descrição do procedimento Visita hospitalar para acompanhamento de pacientes com TCE e fratura de crânio internado para observação neurológica. Paciente não realizou cirurgia, mas pode se tornar cirúrgico.
CIDs do Procedimento I62.9, I67.6, P13.0, P52.8, P52.9, R90.0, S02.0, S02.1, S02.7, S02.8, S02.9, S07.1, S06, T90.2, T90.5
Indicação  
Caráter da Indicação ( x ) Eletiva (  ) Urgência
Contra-Indicação  
Exames da Indicação  
 
Códigos CBHPM Descrição Porte
1.01.02.01-9 Visita hospitalar a paciente internado 2A
2.02.01.08-7 Tratamento conservador de TCE, HIC e hemorragia (por dia) 3C
3.02.07.22-3 Tratamento conservador de fratura de ossos 4C
 
OPMEs Descrição Quantidade
     
 
Internação
Dias
UTI
xx dia(s)
Quarto
xx dia(s)
Anestesia ( X ) Sim (  ) Não
Materiais Especiais  
Resolutividade Depende do diagnóstico
Seguimento Diário se indicado acompanhamento neurocirúrgico
Rastreabilidade Sim
Comentários